Imagens

a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus

Este slideshow necessita de JavaScript.

É-nos lícito dar tributo a César ou não?
E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César.
Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
Lucas 20:22-25

Todos os anos o leão se aproxima, não é o leão da tribo de Judá e nem o diabo (que ruge como leão ao derredor) querendo lhe matar, embora para algumas pessoas é quase isto, estou falando do leão do imposto de renda, talvez você não esteja preocupado afinal o prazo é até o dia 30 de abril deste ano (2014), se você colocou a mão na cabeça e chamou por Deus, certamente faz parte dos milhares de brasileiros que nunca se lembram destes detalhes bobos e que neste ano lhe perderão o valor de uma multa mínima de R$ 165,74, isso é o que acontece a quem declarar com atraso.

O que tudo isso tem com Jesus Cristo? Talvez nada, talvez tudo, Ele nos fala que devemos dar a César (governo) o que é dele e a Deus também o que é seu. Muitos de nós oramos, pedimos a Deus que envie a sua provisão, noutras palavras, o dinheiro para pagar as contas, gastar com a família, amigos etc. Aos cristãos que leem minhas publicações, creio que não preciso lembra-los dos dízimos e ofertas, onde quero chegar com tudo isso? Simples, mais dinheiro, mais impostos e você não pode fugir deles.

Como cristãos devemos confiar totalmente em Deus, como homens devemos ser sábios para administrar toda provisão enviada as nossas mãos, devemos fazer o planejamento financeiro de nossas casas, criando um orçamento, precisamos fazer planos de investimentos, conhecer algumas formas de aplicações financeiras, conhecer os impostos envolvidos etc. como tudo isso é possível? Estudando!

Obs.: Para facilitar seus estudos ao lado estou disponibilizando alguns e-books na loja virtual, faça este investimento em sua vida financeira.
A quem possa interessar dízimos e ofertas não podem ser abatidos no IR, veja abaixo questão colocada a um consultor :
"Contribuo todo mês com 10% do salário como dizimo na igreja à qual pertenço com minha família. Como declarar esses valores, e também posso abater no IR? 
 Resposta: Os valores pagos como dizimo a igreja não podem ser abatidos do imposto de renda, por falta de previsão legal. Esses valores não precisam ser relacionados na ficha “Pagamentos e Doações Efetuados” por ser pagamento efetuado a pessoa jurídica não dedutível." (Fonte: http://g1.globo.com/Sites/Especiais/Noticias/0,,MUL1097811-16725,00.html)