A espera - Deixe-se encontrar

Deixe-se encontrar

A espera - Deixe-se encontrarMuitas vezes erramos em nosso caminhar, saímos do caminho que Jesus Cristo tinha para nós, fazemos coisas inimagináveis, e de repente nos lembramos de nosso Pai, e desejamos voltar e nos encontrar com ELE, porém não mais como filhos mais como servos. Muitos quando estão nesta situação acreditam que Cristo não nos aceitará de volta, ou que , nos aceitará mas seremos tratados como servos. Jesus em uma de suas parábolas nos conta a historia do filho prodigo:

Lc 15:18 Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti;
Lc 15:19 já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores.

O pai porém deu ordem aos servos para organizar uma festa e receber o filho com alegria

Lc 15:22 O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés;
Lc 15:23 trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos,
Lc 15:24 porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. E começaram a regozijar-se.

Se você esta assim longe do Pai, de Cristo, não esqueça que ELE sempre lhe receberá de braços abertos e dirá a todos os que te receberem com a cara fechada ou com tristeza:

Lc 15:32 Entretanto, era preciso que nos regozijássemos e nos alegrássemos, porque esse teu irmão estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado.

Deixe-se encontrar por Jesus Cristo, ele foi o cordeiro cevado entregue para limpar as nossas transgressões.

(“Artigo publicado originalmente em 13/12/2011”)